Um parque de Parkour, trampolhim e muito mais!

parque diferente infantil parkour trampolim urban motion passeio legal infantil radical trampolim pular

É tão legal quando pode-se oferecer à criançada mais do que vídeo game, celular e tablet! Conheça o Urban Motion, primeiro Trampolim Park de São Paulo!

parque diferente infantil parkour trampolim urban motion passeio legal infantil radical trampolim pular

São 500 metros quadrados de trampolins interconectados, onde é possível para as crianças correrem, pularem, saltarem, com quadras de queimada e basquete, piscina de espuma, slackline e parkour. Muita diversão e esportes radicais!

Funciona assim: primeiro, faça seu cadastro para que possa agendar um horário (clique aqui). Então, após confirmar no email seu cadastro, acesse o site do Urban Motion e escolha “Ver Calendário”.

Você deve escolher um dia e horário (das 12h às 19h). Importante: eles recomendam que se chegue 20 minutos antes da sessão para apresentar-se, conferir o termo de responsabilidade e receber instruções de segurança. As sessões começam e terminam pontualmente e os atrasados perderão tempo de pular.

Também é possível visitar sem ter feito o agendamento, mas neste caso o preço será diferente.

Preços: R$ 39 por hora, por pessoa ter. a sex., R$ 44 sab/dom/feriado (caso tenha feito a reserva). Sem reserva, custa R$ 44 ter. a sex., R$ 49 sab/dom/feriado. Para grupos de 10 pessoas ou mais, o preço é R$ 35 ter. a sex., R$ 39 sab/dom/feriado. Se quiser estender o seu tempo nos trampolins, o preço é R$ 20 por hora adicional.

Indicação: a partir de 3 anos (até 4 anos, a criança deve ser acompanhada por um responsável)

Onde: Urban Motion – R. Dr. Rubens Gomes Bueno, 288, Várzea de Baixo – São Paulo, SP http://www.urbanmotion.com.br

Fonte: divulgação

Leia também:
– Visita ao Planetário do Ibirapuera
– Passeios legais em SP
– As crianças e a obesidade

 

Anúncios

Outros usos para a pomadinha contra assaduras!

dica bepantol hipoglós usar no rosto pomada infantil benefícios hipoglós unha boca pele

Pesquisamos na Internet outros usos bem interessantes para as pomadinhas que geralmente usamos durante a troca de fraldas, vale a leitura!

dica bepantol hipoglós usar no rosto pomada infantil benefícios hipoglós unha boca pele

Por conta do retinol (forma mais pura de vitamina A), do colecalciferol (que influencia a produção de hormônios no corpo melhorando as condições da pele), e do óxido de zinco (usado no tratamento de queimaduras, psoríase e irritações), as pomadas são excelentes para vários problemas. A Bepantol é a mais indicada para os tratamentos no rosto, pelo cheiro ser mais agradável do que Hipoglós, mas todas vão funcionar similarmente.

1. Olheiras: para amenizar as olheiras, passe uma fina camada antes de dormir e retire ao acordar. A pomada é grossa e difícil de espalhar, mas o resultado vale a pena. Faça esse processo sempre antes de dormir, até alcançar os resultados desejados.

2. Lábios rachados: o poder hidratante acaba com as rachaduras na hora! Use também como precaução, passando uma fina camada nos lábios.

3. Manchas na pele: as pomadas podem amenizar, ajudando a uniformizar o tom da pele. Passe uma fina camada onde existam essas manchas como axilas, entre as coxas, debaixo do bumbum, parte interior do braço e embaixo dos seios, pois reduz o atrito causado quando nos movemos, especialmente quando faz calor. Também vale para secar espinhas e alivia eczema, psoríase e outras erupções cutâneas.

4. Estimular a cicatrização: uma fina camada no local já é o suficiente para a pomada mostrar o seu poder.

5. Unhas: as pomadas podem ser utilizadas para hidratar as cutículas e até deixá-las molinhas para empurrar e não precisar tirar.

 6. Queimaduras solares: como é cicatrizante, uma fina camada da pomada no local lesionado consegue “refazer” a pele.

7. Como desodorante: caso não tenha desodorante, vale usar a pomada nas axilas. Ajuda bastante!

8. Pele mais revitalizada: uma boa dica é misturar ao hidratante, e passar depois do banho ou antes de dormir. Aplique nas áreas secas como pescoço, cotovelo, joelho e calcanhar. Também é ótimo contra as terríveis estrias!

9. Pós-depilação: as pomadas ajudam a cicatrizar e restabelecer as áreas do corpo que ficam irritadas após a depilação. Uma fina camada deixará sua pele calminha, sem irritações

10. Protetor solar: numa emergência, a pomada funciona como protetor solar.

11. Machucados: as pomadas formam uma camada protetora do ferimento contra as sujeiras externas. Também é ótimo para proteger cortes e arranhões de água, na piscina, por exemplo.

Fonte: SOS Solteiros / Blog Elciane Brelaz

Leia também:
– Dicas fantásticas de viagens
– Dicas para tirar restos de cola e adesivo de embalagens
– Utilidades do papel alumínio

 

Oficina de reciclagem!

Estamos no meio das férias e esta é uma brincadeira divertida, para as crianças de todas as idades! Confira algumas ideias para construir com materiais reciclados, que todo mundo tem em casa.

brincadeira-reciclagem-oficina-de-reciclagem-sucata-ideias-reciclagem

Planeje a atividade com pelo menos 24horas de antecedência:
Antes de começar, lave e seque as embalagens. Faça uma mistura de metade de água e cola branca, e, com pedaços de jornal ou revista, faça o revestimento em todos os lados que serão pintados. Deixe secar de um dia para o outro.

Materiais bacanas: caixa de leite longa vida, caixa de pizza, garrafas PETs e suas tampas, caixinha de fósforo (sem fósforos), embalagens de papelão de alimentos, como embalagem de Sucrilhos e mistura de bolo, potinhos de iogurte e Yakult, papel alumínio, resto de giz de cera, papéis de presente, gravetos, folhas secas, rolos de papel toalha, de papel higiênico, de papel alumínio, descartáveis como copo e pratinho, palitos, canudinhos… Tinta guache e canetinha para os detalhes, barbante, cola, fita adesiva e tesoura para a fabricação. 

Algumas ideias:

– Carrinho divertido:
Este carrinho com a bexiga é super divertido! Prepare com caixinha de leite, tampas para as rodas e coloque uma bexiga colada em cima com fita adesiva. Velocidade máxima: encha a bexiga, segure a ponta e solte com o carrinho no chão, ele vai girar e correr rápido!

carrinho de reciclagem oficina de reciclagem férias brincadeiras para as crianças brincadeiras com sucata reciclagem de caixa de leite reciclagem de tampinhas

– Casinhas temáticas com carinha de bichos: 
Primeiro, faça o buraco da portinha, utilize uma embalagem de Sucrilhos ou mistura para bolo, por exemplo. Os detalhes do seu bichinho serão feitos com colagem de papel e outros materiais que você tiver, fica uma gracinha!

carrinho de reciclagem oficina de reciclagem férias brincadeiras para as crianças brincadeiras com sucata reciclagem de caixa de leite reciclagem de tampinhas casinhas bichinhos casinha de reciclagem casinha de sucata

– Jogo da Memória na tampinha:
Que ideia bacana! As crianças podem fazer bolinhas em sulfite e desenhar dois personagens iguais. Depois, é só colocar na tampinha, virar de cabeça para baixo e pronto! O jogo da memória está pronto! Boa diversão!

carrinho de reciclagem oficina de reciclagem férias brincadeiras para as crianças brincadeiras com sucata reciclagem de caixa de leite reciclagem de tampinhas casinhas bichinhos casinha de reciclagem casinha de sucata jogo da memória com tampinhas jogo com tampinha

-Boliche com garrafa PET:
Basta encher as garrafas e os “pinos” estão prontos. Use garrafa 600ml caso sejam crianças menores, que terão dificuldade em derrubar garrafas mais pesadas. Você pode colorir a água dentro delas com corante alimentício ou mesmo água com guache. Caso queira, também podem decorar a bolinha como no exemplo, aqui a bola virou o porquinho dos Angry Birds:

carrinho de reciclagem oficina de reciclagem férias brincadeiras para as crianças brincadeiras com sucata reciclagem de caixa de leite reciclagem de tampinhas casinhas bichinhos casinha de reciclagem casinha de sucata jogo da memória com tampinhas jogo com tampinha jogo boliche com garrafa angry birds recliclagem boliche com sucata

– Reciclagem de giz de cera:
Agora que estamos nas férias, aproveite para reunir todos os pedacinhos e toquinhos de giz de cera e criem novos gizes coloridos que vão fazer a festa da criançada! Basta colocar os gizes em forminha resistente no forno, fogo médio, vá verificando a partir de 20 minutos. Eles vão derreter. Assim que saírem do forno, espete os palitos de madeira. Espere esfriar completamente e retire das forminhas, um sucesso!

carrinho de reciclagem oficina de reciclagem férias brincadeiras para as crianças brincadeiras com sucata reciclagem de caixa de leite reciclagem de tampinhas casinhas bichinhos casinha de reciclagem casinha de sucata jogo da memória com tampinhas jogo com tampinha jogo boliche com garrafa angry birds recliclagem boliche com sucata giz de cera reciclado restos de giz de cera o que fazer com giz de cera

Divirtam-se!

Sorvete sem leite!

snoopy tomando sorvete snoopy e woodstock sorvete uma das melhores coisas desta vida

Uma receita fácil, deliciosa e perfeita para todas as crianças – inclusive para quem tem intolerância à lactose!

receita sem lactose sorvete sem lactose intolerância à lactose criança que não pode beber leite receita de sorvete para criança que não pode tomar leite sorvete de fruta congelada

Sorvete de Banana com frutas sem leite

Utilize 5 bananas para formar a massa e dar “liga”
Utilize outras frutas como manga, morango, goiaba e o que preferir para complementar (1 manga grande ou 1 caixa de morangos ou 2 goiabas grandes)

Modo de preparo:
1- Descasque a banana, coloque num saquinho e deixe congelar por pelo menos 4 horas
2- Faça o mesmo com as outras frutas: descasque e limpe-as e deixe no freezer por pelo menos 4 horas
3- Tire as frutas do congelador e aguarde 15 minutos
4- Coloque as frutas, picadas, no liquidificador, mexendo, desligando e ligando até formar uma massa com a consistência de um sorvete
5- Agora, é só servir e aproveitar! Se sobrar, pode guardar novamente no congelador seu sorvete de frutas sem lactose! 🙂

Para a receita do sorvete de banana com morango, assista o vídeo explicativo:

Fonte: Sorvete de Banana e Morango (sem leite) – As Delícias do Dudu

Leia também:
– Receita de torta de chocolate sem glúten
– Petiscos saudáveis
– Como congelar vegetais e legumes

snoopy tomando sorvete snoopy e woodstock sorvete uma das melhores coisas desta vida

Como congelar vegetais e legumes

congelamento de verduras congelar vegetais como congelar os legumes vida saudável vida prática dicas para facilitar as refeições

Aproveite as férias para adquirir novos hábitos! Congelar os vegetais e legumes ajuda no dia-a-dia, facilita a organização nas refeições e aumenta a economia, já que acaba com o desperdício.

congelamento de verduras congelar vegetais como congelar os legumes vida saudável vida prática dicas para facilitar as refeições
Olha quanta coisa dá pra manter congelada apenas nas prateleiras da porta no freezer do meu refrigerador duplex: em cima tem cenoura e abobrinha em cubinhos, brócolis, mandioquinha e pimentão. Embaixo, espinafre, mandioca, salsão, abóbora e queijo ralado.

Congelar alimentos e preparos tem sido uma das melhores estratégias para cozinhar e comer com qualidade e variedade.

Para falarmos de congelamento, precisamos falar de dois conceitos: branqueamento e congelamento aberto.

O branqueamento consiste em aferventar e em seguida resfriar muito rapidamente os vegetais que serão congelados, provocando um choque térmico, a fim de inibir a ação das enzimas e preservar os nutrientes do alimento.

Branqueamento de brócolis

O tempo de branqueamento depende de cada vegetal, de acordo com a sua consistência, variando de 1 a 3 minutos. Você deve mergulhá-los em água fervente, retirá-los com uma escumadeira e mergulhá-los em uma tigela com água filtrada e cubos de gelo pelo mesmo número de minutos. Em seguida, escorra, elimine toda a água que puder e congele.

O congelamento aberto é o processo de congelar os alimentos fracionados em bandejas, separados, até que endureçam, e só então embalá-los, para que não grudem uns nos outros e seja possível retirar só a quantidade desejada do pacote. Pode-se congelar em aberto bifes, pedaços de aves, hambúrgueres, mas eu uso bastante essa técnica com legumes em geral, rodelas de pimentão, talos de salsão, etc.

Cubos de abóbora em congelamento aberto, antes de serem acondicionadas no saco de congelamento

Os vegetais para se ter no freezer são:
– cenoura e abobrinha em cubos pequenos
– abóbora em cubos médios
– mandioquinha em rodelas
– mandioca em metades
– brócolis em buquês
– ervilhas
– pimentão em rodelas ou cubos
– espinafre, só as folhas
– salsinha

Não é recomendado congelar hortaliças que serão consumidas frescas.

Mandioquinha em rodelas

O processo é simples!

Descasque e corte os legumes; elimine os talos de brócolis, espinafre ou salsinha; retire as sementes dos pimentões; higienize tudo direitinho, faça o branqueamento (exceto do pimentão, salsão e folhas em geral), e congele eliminando o máximo possível de água e retirando todo o ar possível das embalagens.

Os vegetais congelados perdem a crocância e acumulam água, então não ficam bons para ser consumidos crus. Mas são ótimos na maioria dos preparos cozidos ou assados.

As folhas, como espinafre e salsinha, podem ser trituradas ainda congeladas; basta apertar o saquinho assim que retirar do freezer. É bem prático, evita o trabalho de picar.

Uma regra fundamental do congelamento é: nunca congele duas vezes o mesmo alimento. Em muitos casos, carnes e aves podem ser congelados uma vez cruas e outra cozidas. Se descongelar, não torne a congelar.

Vale a pena seguir estas dicas para uma vida mais gostosa, prática e saudável!
Fonte: Adaptação de Cozinha da Ceci

Leia também:
– Petiscos saudáveis para festa
– Orgânicos online
– Como fazer uma horta em casa

congelamento de verduras congelar vegetais como congelar os legumes vida saudável vida prática dicas para facilitar as refeições
Oba! Comida colorida, saudável e prática! 🙂

A importância de brincar sem brinquedo

Crianças podem e devem transformar qualquer objeto em brincadeira para estimular a criatividade, a imaginação e a capacidade de construir.

Um foguete, uma varinha mágica, um trem ou qualquer tipo de animal estão entre as muitas formas que um simples graveto pode tomar pela criatividade e imaginação (principalmente) das crianças. O exercício é importante para o desenvolvimento e para a construção autoral dos pequenos e, ter esta consciência, ajuda os adultos a garantir que haja momentos livres de brinquedos prontos.

“É preciso não planejar tantas atividades e não deixar tantas opções de brinquedos com uma função específica disponível”, afirma Tatiana Weberman, responsável pelo SlowKids, movimento que propõe a desaceleração para a infância. “Deixar menos opções, muitas vezes, é abrir uma porta para a criatividade e uma vastidão de possibilidades.”

Criadora da plataforma de brincadeiras Massacuca, Graziela Iacooca, conta que, ao contrário de muitos adultos, as crianças não precisam de instruções para brincar com objetos do cotidiano. “A nossa proposta é tirar o lúdico de objetos normais, o que a criança sabe fazer. Estamos ensinando os adultos a disponibilizar isso para os pequenos”, comenta.

O caso mais famoso é o tradicional baú de tesouros. Basta uma caixa, balde ou sacola e diferentes objetos da casa, como utensílios de cozinha em tamanhos e materiais variados. “Daí podem sair narrativas de histórias incríveis ou um bolo ou qualquer coisa que a criança queira e ela vai se divertir não apenas com os objetos, mas com a criação”, comenta Graziela.

barco com sacola plastica
Construções das crianças podem ser ricas de significado. Foto: Território do Brincar

Os mesmos objetos podem ser também contornados, congelados, ornamentados, mergulhados na água, enterrados e assim por diante. “Não somos exatamente contra brinquedos, mas contra o excesso de brinquedos e contra os que têm uma função específica”, explica.

Um animal bem pequeno, por exemplo, pode ser colocado dentro de uma bexiga com água, congelado e depois se transformar em um ovo a ser quebrado para retirar o bicho de lá de dentro.

O brincar espontâneo é objeto de pesquisa da cineasta Renata Meirelles. Por conta disso, viajou por 9 estados e estabeleceu-se em 14 comunidades diferentes durante 1 a 3 meses para estudar o assunto e produzir o documentário Território do Brincar, lançado este ano. “O foco foi sempre entender o que a criança faz, elas que dizem o que querem nos mostrar”, conta.

Ela e o marido viajaram com os dois filhos, agora com 6 e 8 anos, que também participavam das brincadeiras. Os destinos escolhidos foram locais com pouca estrutura como o Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, ou o Recôncavo Baiano.

“A gente viu muitas que não se utilizam de brinquedos comprados, industrializados, elas reúnem o nada e organizam para compor o que elas brincam”, explica, ainda com o encanto da riqueza percebida. “Nesta busca, ela consegue se ver representada por aquelas coisas que ela fez, compôs, arrumou. Cria um diálogo grande com quem ela é.”

Capim e tecido se tornam 'boneca em batizado'. Foto: Território do Brincar
Capim e tecido se tornam ‘boneca em batizado’. Foto: Território do Brincar

Para ela, há um “sufocamento da própria infância” com a quantidade de brinquedos de que algumas são cercadas. “Mesmo os brinquedos mais comuns, como carrinhos e barquinhos, para os meninos, quando são feitos por eles, com latas, tábuas, chinelos, pneus e uma gama de objetos contam uma história e geram um vínculo diferente.”

Ela conta que impressionam os detalhes, por exemplo, em casinhas com panos colocados como toalhas de mesa e flores para decorar. “Foi incrível a diversidade de composições de brinquedos e brincadeiras”, comenta.

Os filhos levaram uma mala de brinquedos que também eram compartilhados e costumavam interessar às demais crianças. “Certamente se você falar que vai dar, eles querem, mas sabem distinguir. Eles dizem, por exemplo, que brinquedo comprado ‘quebra’, ou seja, os deles, em sua percepção, são apenas modificados.”

Para ela, entre tantas lições do projeto Território do Brincar, uma bastante clara é que a infância precisa do ócio e da ausência de brinquedos prontos para que possam acessar os próprios desejos, vontades e interesses. “Elas conseguem concretizar na prática seus sonhos com sua imaginação.”

Saiba mais:

Masscuca

Território do Brincar 

SlowKids

Fonte: Carta Educação

Leia também:
– Brincando com giz no chão
– Feira de troca de brinquedos
– Guia completo de brincadeiras

brincadeiras para fazer com os filhos brincadeiras de antigamente lista de brincadeiras família brincando guia de brincadeiras

Produtos orgânicos online!

comida orgânica alimentos orgânicos compra via internet entrega online de alimentos orgânicos

Quem tem criança pequena tem um dia-a-dia ainda mais agitado… E como queremos manter um estilo de vida mais saudável, uma dica é comprar orgânicos via internet!

comida orgânica alimentos orgânicos compra via internet entrega online de alimentos orgânicos

Estes são os sites que fazem entrega de alimentos orgânicos:

Caminhos da Roça  – no site você faz o seu cadastro e pode escolher os alimentos que eles enviam até a sua casa. Região São Paulo e Granja Viana.

Comida de Verdade – funciona parecido com o site acima, mas tem um mínimo de R$ 60,00 por pedido. Entrega em SP-capital.

Comida da gente – é uma comunidade de grupo de compras orgânicas via Facebook. O bom é que às vezes o preço é bem menor, pois as compras são feitas no atacado. Atualmente eles estão com o projeto de migrar para uma plataforma mais prática. Entre no grupo (https://www.facebook.com/groups/tomatedagente/?fref=ts) e veja como ele funciona.

Extra – É uma opção também, mas a lista de produtos é limitada.

Hortifruti Orgânico – mínimo de R$:30,00, região de São Paulo-SP. Demais regiões entrar em contato.

Feira Biodinamica – Você faz o seu cadastro e escolhe os alimentos que deseja. Na primeira compra cobram R$:24,00 pela cesta, e nas demais compras o valor não é descontado. São Paulo e região.

Comadre Fulozinha – É preciso preencher um cadastro primeiro. A feirinha virtual ocorre de sábado à quinta-feira. Você faz os pedidos e recebe em casa.

Site dos Orgânicos – Fazem entregas em São Paulo-SP e fazem feiras também.

Vida Saudável Orgânicos – Depois de realizar o seu cadastro é só escolher os produtos. Entrega todas as terças e quintas. Valor mínimo de R$ 70,00. Atende as regiões de São Paulo, Tamboré, Campinas, Valinhos, Vinhedo e Jundiaí.

Organomix  Maior Supermercado online de orgânicos. A rede atende São Paulo e Rio de Janeiro.

Para quem gosta de comprar pessoalmente os produtos, existe um SITE bem completo com um mapa de lugares que vendem produtos orgânicos, desde feiras, cooperativas até lojas. Boas compras e saúde!

Fonte: Catraca Livre
Imagem: Internet

Leia também:

– Como fazer uma horta em casa
– Petiscos saudáveis
– Não à procrastinação

omida orgânica alimentos orgânicos compra via internet entrega online de alimentos orgânicos
Receber uma cesta de orgânicos em casa é possível! 🙂