Livros grátis – Coleção Itaú 2016

Oba! A coleção de livros grátis do Itaú 2016 já está disponível e pode ser solicitada!

É só clicar no link a seguir e fazer seu cadastro, o envio (livros e frete), é totalmente grátis! Clique: https://www.itau.com.br/crianca/pratique/

ler-muito-bom

Ler é maravilhoso, ler com as crianças então… é um momento inesquecível!

Os livros chegam rápido e são sempre muito bons. Este ano, são duas obras:

                Selou e Maya, De Lara Meana

Maya e Selou são duas crianças vizinhas que através de diferentes atividades do dia a dia – como acordar, comer, brincar, tomar banho e escutar histórias – inventam vários mundos fantásticos.

                Poeminhas da Terra, De Marcia Leite

Diferentes versos compostos por palavras de origem tupi celebram a convivência do homem com a natureza. “Poeminhas da terra” aproxima as crianças da cultura dos povos indígenas.

 Vale a pena solicitar, mais uma vez a campanha está de parabéns, incentivando a leitura, a cultura e momentos inesquecíveis entre os pais e seus filhos. Aproveite!

Leia mais:
– Dicas de viagens que vão te surpreender
– Curiosidades sobre o papel alumínio

Siga-nos no Instagram!🙂 @festinhalegal

festa tema instagram festa teen festa para adolescente tema instagram tema festa 15 anos tema festa 14 anos tema festa 13 anos instagram

 

Bienal do livro: atração para todos!

bienal do livro sp 2016

Leve as crianças para uma visita, a Bienal 2016 está incrível: além de muitos livros diferentes, divertidos e com excelentes promoções, tem muita atividade legal! Um passeio inesquecível!

bienal do livro sp 2016

Muitas culturas, histórias, cores e texturas diferentes: o ambiente perfeito para estimular as crianças a gostarem de ler, desde cedo!

Vale a pena se programar para visitar a Bienal, e aqui vão alguns destaques da nossa visita, focados no público infantil:

– Turma da Mônica: o stand está incrível! Tem atividades para os pequenos, que podem desenhar, rabiscar, brincar à vontade! Também é possível criar um gibi personalizado (atividade com custo) e conhecer mais sobre a história dos famosos quadrinhos e de seu criador, Maurício de Sousa.

 

 

– Conheça Moana, nova princesa Disney: dentro da Bienal, foi montada uma área super divertida para as crianças brincarem, num mar de bolinhas, onde é apresentada a nova princesa Moana! 

– Stand da Ciranda Cultural: realmente livros à preços espetaculares. Títulos muito diferentes, para todas as idades. Tem diário secreto com caneta mágica, livros com máscaras que se abrem a cada página, livros de culinária, dinossauros, princesas… Tudo a ótimos preços! Ótima dica para presentear os amigos.

– Editora Rocco: Harry Potter oferece a oportunidade de atravessar a Plataforma 9 3/4! Sim, para os fãs, vale a pena passar por lá para tirar uma foto bem legal. Agora, para comprar itens especiais, na Saraiva tem muita opção de vários itens da Saga dos bruxinhos!

bienal do livro harry potter hogwarts

– Cordel e Repente: nem só de personagens vive a Bienal! Tem repente e cordel para a criançada se encantar!

bienal do livro repente e cordel

– Disney: está lindo e vale a visita, o stand da Disney tem muitas opções de livros e brinquedos com os personagens da Disney, que todas as crianças amam. Excelentes sugestões de presentes.

– Pokémon: sim! Tem cards, revistinhas para colorir, livros sobre Pokémon Go… principalmente na rua “A”, a primeira rua à esquerda quando você entra na Bienal. Também tem muitos livros de Minecraft, vale a pena pesquisar pois existe diferença de preços. 

– Infanto-juvenis: se seu filho já curte as séries mais populares (Diário de Um Banana, Querido Diário Otário, livros dos Youtubers…) você vai encontrar as coleções completas em vários expositores. Mais uma vez, vale a pena consultar o preço – não deixe de ir nos stands da Livraria Submarino e das Americanas, lá têm boas promoções.

Outras dicas:

– Praça de alimentação com opções variadas (principalmente no “fundo” da feira, do lado oposto da entrada), mas à preços salgados. Tem sorvete, bebidas e pipocas sendo vendidos (pagamento em dinheiro) ao longo da fila, assim como carrinhos de brigadeiro, cupcakes e várias delícias.

– Boa ideia, caso vá comprar muita coisa, é levar uma malinha com rodinhas ou carrinho de feira, pois os livros são pesados e evita carregar tantas sacolas. Vimos muita gente usando!

– Autógrafos e eventos especiais: são menos focados em eventos infantis, mas vale consultar no site oficial: http://www.bienaldolivrosp.com.br/Programacao/

– Tem fila nos pontos para tirar fotos – e muitos cenários bacanas! E tem um local para carregar celular, mas é bastante disputado.

Compre seu ingresso antecipadamente, crianças até 12 anos são grátis, estudantes e idosos pagam meia: www.ticketsforfun.com.br

Mais informações:
Ingresso: R$ 20 (segunda a sexta) / R$ 25 (finais de semana)
Termina em 04/09/2016
Endereço: Pavilhão Anhembi – R. Prof. Milton Rodrigues, 13 – Santana, São Paulo – SP

Boa leitura e bom passeio!

Fonte e fotos: Festinha Legal (arquivo pessoal) / Consulte o site oficial para confirmar horários, valores e programação: http://www.bienaldolivrosp.com.br/

Leia também:
– Oba, leitura infantil!
– Passeios em SP!

Kidzania: ingresso barato e pais grátis!

kidzania parque kidzania promoção promocao grátis do kidzania

O parque de diversões Kidzania, onde as crianças se divertem descobrindo e vivenciando várias profissões, está com uma promoção legal em Abril!

kidzania parque kidzania promoção promocao grátis do kidzania

Quem já conhece, tem vontade de voltar. E quem não conhece, deve conhecer! O Kidzania tem uma proposta muito diferente, criativa e muito divertida! Em resumo: são mais de 50 profissões (médico, bombeiro, fotógrafo, modelo de passarela e pizzaiolo são algumas delas) para crianças de 4 a 14 anos (indicamos fortemente a partir dos 6 ou 7 anos, quando as crianças já sabem ler). As crianças participam de atividades, ganham seus “salários” (em dinheiro ou cartão!) e podem posteriormente trocá-los por brinquedos ou experiências dentro do próprio parque (maquiagem, tatuagem, barbeiro…)

Neste mês, eles prepararam uma promoção legal: para o período da tarde (das 13 às 16h30) o valor da entrada (que normalmente e aos finais de semana custa R$ 120,00) cai para R$ 60,00 – e os pais, adultos ou responsáveis entram gratuitamente!

São quantos adultos quiserem, podem ser mais de 2 por criança. Legal para levar a vovó para ver os netinhos vestidos de médico, policial, bombeiro! 

kidzania bercario promocao gratis parque kidzania eldorado shopping sp
Berçário movimentado!

O período de permanência é curto, mas durante a semana, a tendência é que o parque esteja mais vazio. Vale a pena, antes de entrar, verificar na entrada se há excursão escolar, e, se for o caso, mudar a data da visita – afinal, este parque é muito legal, mas somente se não estiver cheio.

Quando: até 30/04
Horário: das 13h às 16h30
Onde: Kidzania – Shopping Eldorado – Avenida Rebouças, 3970
Quanto: R$ 60 por criança, grátis para pais, adultos, responsáveis e crianças abaixo de 4 anos
Indicação: acima de 6 anos (mas a partir dos 4 a participação em algumas atividades já é permitida)

Fonte: divulgação

Leia também:
– Passeio grátis e fantástico: Planetário no Ibirapuera!
– Princesas no Disney On Ice
– Um avião dentro do shopping

Um avião dentro do Shopping

evento shopping aviao aerolandia ciencia passeio sp sao bernardo dica

Dica muito bacana, pertinho de São Paulo, o São Bernardo Plaza Shopping traz uma atração bacana para crianças de 3 a 15 anos!

evento shopping aviao aerolandia ciencia passeio sp sao bernardo dica

 

O evento “Aerolândia” traz um modelo Brazilian, fabricado pela Embraer, e as atividades ocorrem dentro da aeronave.

É ciência! Experiências com o magnetismo dos imãs, velocidade dos objetos, energia elétrica dos corpos, propagação do som… Mais de 20 atividades!

Além disso os participantes poderão interagir com os equipamentos em funcionamento elétrico (luz e som) e registrar a experiência com uma foto. 

Para brincar, é preciso desembolsar R$ 15 por 15 minutos.

A atração terá capacidade para 15 crianças simultaneamente.

Quando: até 07/04/2016
Horários: Seg – Sáb: 10h30 às 22h30 / Dom: 12h00 às 20h00
Onde: São Bernardo Plaza Shopping – Avenida Rotary, 624 – São Bernardo do Campo, SP
Indicação: de 3 a 15 anos (menores de 3 anos podem participar acompanhados de um responsável)
Preço: R$ 15 por 15 minutos

Fonte e fotos: Divulgação

Leia também:
– Planetário de São Paulo em funcionamento
– Princesas no gelo: evento Disney On Ice
– Dicas para viajar com os pequenos

evento-gratis-shopping-aerolandia-dia-evento-sp-passeio-aviao

O primeiro dia de escola

adaptação na escola primeiro dia de aula primeiro dia na escolinha como fazer adaptação na escola

Estudar é muito bom! E, para os pequenos, tão importante quanto aprender o conteúdo é aprender a aprender! O gosto por estudar se desenvolve quando somos crianças. Estimule! Leia sobre adaptação escolar e ajude seu filho a aproveitar o momento!

adaptação na escola primeiro dia de aula primeiro dia na escolinha como fazer adaptação na escola

Perguntas e respostas

1- Como preparar meu filho?
É importante explicar direitinho como será a rotina (quem vai buscá-lo, levá-lo, e enfatizar que o caminho será muito divertido). Explique sobre os novos amiguinhos, professores, e detalhadamente, conte como é o dia-a-dia da escola, quais as atividades que vão fazer, brincadeiras que vai fazer… Especialistas alertam: é importante não exagerar, não falar como se ele estivesse indo para um bufê infantil, para que ele não fique frustrado. Nessas horas, nada como uma boa conversa. Se as crianças forem mais velhas, fale sobre as descobertas que vão fazer na escola, do espaço físico, as atividades que só são possíveis de serem feitas na escola… Incentive e motive seu filho a gostar da escola e da rotina escolar!

2- Qual o papel da família na adaptação escolar?
Para o pai e a mãe, a adaptação começa na escolha da escola. O ideal é que a família seja presente, que participe das reuniões e atividades e sempre estejam em contato com os professores e funcionários. Além disso, os pais têm o papel de esclarecer, explicar por que ele está indo para a escola, deixar claro que ele vai ficar sozinho lá depois de alguns dias, caso ele seja pequeno. Sempre ressalte a parte boa, e explique tudo com muita segurança e positividade. No caso das crianças mais velhas, é importante reforçar a confiança, garantir que tudo o que eles disserem sobre a escola será ouvido e considerado.

3- Como lidar com o choro?
Primeiro, fique calmo! Muitas vezes, a criança chora ao ver o familiar se afastando, mas, logo depois, para e começa a brincar com os coleguinhas. Há momentos em que é importante ir embora sem olhar para trás, para evitar que essa situação se arraste por mais tempo. Converse com os professores e coordenadores para decidir como agir em casos como esse. Importante: assegure-se que está passando um tempo de qualidade com a criança, pois assim ela sabe que, após a escola, vai ter aquele tempo para conversar, contar como foi o dia, o que aprendeu, e ficar com você!

4- Na mudança entre Educação e Infantil e Ensino Fundamental, também é necessário o tempo de adaptação?
Sim. Em geral, a própria escola faz esse ritual de passagem, mostrando às crianças e aos pais as novas salas de aula, o material que será utilizado e explicando quais serão as novidades que vêm com essa nova etapa. Se houver uma troca de escola, é importante que os pais estejam mais disponíveis nos primeiros dias.

O que não fazer

Não deixe a criança na escola e diga “já volto em um minutinho”, a não ser que você volte mesmo em 60 segundos. Mentir quebra a confiança com a criança. Diga a verdade e enfatize a experiência na escola como algo muito positivo e divertido.
– Não faça trocas: ir para a escola já é o “prêmio” em si, ir para a escola é muito legal, não há necessidade de presentear a criança por ter ido à escola. Estudar tem que ser valorizado e visto como uma grande oportunidade, não um dever!
– Não compare: como diz o meu marido, os dedos são da mesma mão, mas não são todos iguais. Cada filho é um filho, com seus limites, perspectivas e amadurecimento. Respeite o tempo de cada um, se seu filho mais velho não teve problema algum ao adaptar-se, não significa que o caçula também terá a mesma facilidade.
– Não pressione. Calma, o ano só está começando! Aos poucos, a criança percebe como a escola, os amigos e os funcionários são legais, como ela vai expandir a criatividade, movimentar o corpo, aprender coisas novas, conhecer novos ambientes…
– Não ignore. Se, passado um tempo, ela continuar reclamando de ir à escola, investigue. Pergunte e confie nas respostas e seu filho. Vá à escola, visite-a num horário de aula, conheça a professora e o ambiente. Converse com a coordenação e tente descobrir e solucionar o problema. Não hesite em trocar de colégio se for necessário.

Boa sorte! E aproveite os momentos e aprendizados que seu filho vai trazer! 🙂 

Leia também:
– Como montar uma lancheira saudável
– Dicas para escolher a perua escolar
– Como fazer uma festa de aniversário na escola

Fonte: baseado no artigo Educar Para Crescer
Fotos: internet / arquivo pessoal

adaptação na escola primeiro dia de aula primeiro dia na escolinha como fazer adaptação na escola
A felicidade! risos…

 

Finalmente de volta: Planetário!

planetário vai reabrir planetário do ibirapuera ibirapuera planetário funcionando grátis planetário planetario esta aberto

Desativado desde 2013, quando foi atingido por um raio, a Prefeitura de SP informou que finalmente o Planetário, que fica no Parque Ibirapuera, vai reabrir! 🙂

planetário vai reabrir planetário do ibirapuera ibirapuera planetário funcionando grátis planetário planetario esta aberto
O Planetário do Ibirapuera foi o primeiro do Brasil, inaugurado em 1957. Depois de várias promessas (a prefeitura agendou a reabertura primeiro para 2013 e depois em 2015), finalmente a prefeitura garante que realmente ele será reaberto no final de janeiro de 2016! Oba!

Além do complexo do Ibirapuera, a Prefeitura garantiu a reabertura do planetário do Parque do Carmo em junho deste ano, que estava fechado em 2013 por conta de um vazamento de água na área externa que prejudicou o abastecimento do equipamento.As obras em ambos ainda não foram finalizadas. O do Ibirapuera receberá pintura na parte externa da cúpula e a instalação de um para-raios.

Os planetários funcionarão de terça a sexta, exclusivamente para visitas de escolas públicas e particulares e serão abertos ao público em geral apenas aos fins de semana. Por enquanto, a entrada em ambos será gratuita, mas a Prefeitura não descarta a probabilidade de cobrança a partir de 2017.

É um passeio cultural, educativo e muito divertido, no qual é possível entender Astronomia, conhecer estrelas, planetas, ensinar às crianças a dimensão das galáxias e do Universo. Vale muito a pena!
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral – Portão 3
Sessões: sábados e domingos, para o público em geral, durante a semana (ter a sex), exclusivo para excursões escolares
Como trata-se de uma reabertura, antes de sair de casa, confirme os horários de abertura – contato: 11 5575-5206 ramal 5 ou 5575-5425
Grátis até 2017


A importância de brincar sem brinquedo

Crianças podem e devem transformar qualquer objeto em brincadeira para estimular a criatividade, a imaginação e a capacidade de construir.

Um foguete, uma varinha mágica, um trem ou qualquer tipo de animal estão entre as muitas formas que um simples graveto pode tomar pela criatividade e imaginação (principalmente) das crianças. O exercício é importante para o desenvolvimento e para a construção autoral dos pequenos e, ter esta consciência, ajuda os adultos a garantir que haja momentos livres de brinquedos prontos.

“É preciso não planejar tantas atividades e não deixar tantas opções de brinquedos com uma função específica disponível”, afirma Tatiana Weberman, responsável pelo SlowKids, movimento que propõe a desaceleração para a infância. “Deixar menos opções, muitas vezes, é abrir uma porta para a criatividade e uma vastidão de possibilidades.”

Criadora da plataforma de brincadeiras Massacuca, Graziela Iacooca, conta que, ao contrário de muitos adultos, as crianças não precisam de instruções para brincar com objetos do cotidiano. “A nossa proposta é tirar o lúdico de objetos normais, o que a criança sabe fazer. Estamos ensinando os adultos a disponibilizar isso para os pequenos”, comenta.

O caso mais famoso é o tradicional baú de tesouros. Basta uma caixa, balde ou sacola e diferentes objetos da casa, como utensílios de cozinha em tamanhos e materiais variados. “Daí podem sair narrativas de histórias incríveis ou um bolo ou qualquer coisa que a criança queira e ela vai se divertir não apenas com os objetos, mas com a criação”, comenta Graziela.

barco com sacola plastica
Construções das crianças podem ser ricas de significado. Foto: Território do Brincar

Os mesmos objetos podem ser também contornados, congelados, ornamentados, mergulhados na água, enterrados e assim por diante. “Não somos exatamente contra brinquedos, mas contra o excesso de brinquedos e contra os que têm uma função específica”, explica.

Um animal bem pequeno, por exemplo, pode ser colocado dentro de uma bexiga com água, congelado e depois se transformar em um ovo a ser quebrado para retirar o bicho de lá de dentro.

O brincar espontâneo é objeto de pesquisa da cineasta Renata Meirelles. Por conta disso, viajou por 9 estados e estabeleceu-se em 14 comunidades diferentes durante 1 a 3 meses para estudar o assunto e produzir o documentário Território do Brincar, lançado este ano. “O foco foi sempre entender o que a criança faz, elas que dizem o que querem nos mostrar”, conta.

Ela e o marido viajaram com os dois filhos, agora com 6 e 8 anos, que também participavam das brincadeiras. Os destinos escolhidos foram locais com pouca estrutura como o Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, ou o Recôncavo Baiano.

“A gente viu muitas que não se utilizam de brinquedos comprados, industrializados, elas reúnem o nada e organizam para compor o que elas brincam”, explica, ainda com o encanto da riqueza percebida. “Nesta busca, ela consegue se ver representada por aquelas coisas que ela fez, compôs, arrumou. Cria um diálogo grande com quem ela é.”

Capim e tecido se tornam 'boneca em batizado'. Foto: Território do Brincar
Capim e tecido se tornam ‘boneca em batizado’. Foto: Território do Brincar

Para ela, há um “sufocamento da própria infância” com a quantidade de brinquedos de que algumas são cercadas. “Mesmo os brinquedos mais comuns, como carrinhos e barquinhos, para os meninos, quando são feitos por eles, com latas, tábuas, chinelos, pneus e uma gama de objetos contam uma história e geram um vínculo diferente.”

Ela conta que impressionam os detalhes, por exemplo, em casinhas com panos colocados como toalhas de mesa e flores para decorar. “Foi incrível a diversidade de composições de brinquedos e brincadeiras”, comenta.

Os filhos levaram uma mala de brinquedos que também eram compartilhados e costumavam interessar às demais crianças. “Certamente se você falar que vai dar, eles querem, mas sabem distinguir. Eles dizem, por exemplo, que brinquedo comprado ‘quebra’, ou seja, os deles, em sua percepção, são apenas modificados.”

Para ela, entre tantas lições do projeto Território do Brincar, uma bastante clara é que a infância precisa do ócio e da ausência de brinquedos prontos para que possam acessar os próprios desejos, vontades e interesses. “Elas conseguem concretizar na prática seus sonhos com sua imaginação.”

Saiba mais:

Masscuca

Território do Brincar 

SlowKids

Fonte: Carta Educação

Leia também:
– Brincando com giz no chão
– Feira de troca de brinquedos
– Guia completo de brincadeiras

brincadeiras para fazer com os filhos brincadeiras de antigamente lista de brincadeiras família brincando guia de brincadeiras