Tudo sobre a Urticária

Conversamos com nossa parceira, a pediatra cardiológica Dra Fabiane Berruezo Barbosa, sobre a urticária – leia e tire suas dúvidas!

urticária como tratar o que é urticária dicas pediatria dica urticária como evitar a urticária coceira nas crianças como evitar dicas urticária criança com urticária como cuidar de urticária

Minha filha estava se sentindo bem. Quando fomos arrumá-la para visitar uma amiga (por coincidência, a Dra Fabiane!), reparamos que haviam bolinhas vermelhas. Poucas, com alguma coceira. Depois de menos de 1 hora, o corpinho dela estava tomado! O diagnóstico: urticária.

A Dra Fabiane explicou: “a urticária é uma patologia bastante comum nas crianças e que preocupam muito as mães. Estudos mostram que cerca de 20%, 25% das pessoas já manifestaram pelo menos um episódio da doença na vida.”

E como definir o que é urticária? “Urticária são lesões vermelhas e inchadas, como vergões, que aparecem na pele rapidamente e coçam muito. O nome da lesão é urtica. Elas podem ser pequenas, isoladas ou se juntar e formar grandes placas vermelhas, com desenhos e formas variadas, sempre acompanhado de coceira“, explica a Dra Fabiane.

“Pode aparecer em qualquer área do corpo. Normalmente as lesões mudam de lugar e algumas vão sumindo e outras aparecendo. Cada lesão que aparece dura menos de 24 horas e some completamente, sem deixar marcas. Pode ocorrer várias vezes ao dia ou aparecer sempre no mesmo horário, por exemplo, ao acordar, durante a tarde ou à noite. A coceira costuma ser muito intensa e atrapalha a vida, o trabalho e o sono”, complementa.

Ela explica que pode ocorrer inchaço (edema) nos lábios, pálpebras, língua, garganta, genitais, mãos e pés.

E quais as causas? A Dra Fabiane nos passou uma lista:

  • Alimentos, como frutos do mar, peixe, amendoim, nozes, ovos e leite, corantes, conservantes e aditivos
  • Medicamentos, como penicilina, ácido acetilsalicílico e remédios para controle da pressão arterial
  • Alérgenos comuns, como pólen, pelos de animais, látex e picadas de insetos
  • Fatores ambientais, como calor, frio, luz do sol, água, pressão sobre a pele, estresse emocional e exercícios físicos
  • Outros problemas médicos, como imunidade baixa, lúpus e outras doenças autoimunes, linfomas, distúrbios da tireoide, hepatite, mononucleose

(no caso da minha filha, a urticária foi causada por um sorvete de morango)

Como o pediatra faz o diagnóstico? “Um exame físico geralmente basta para que o médico possa realizar o diagnóstico. Ele examinará o corpo do paciente em busca de vergões avermelhados e lhe fará perguntas a respeito do seu histórico médico e o de sua família”.

E o tratamento? “O tratamento pode não ser necessário se a urticária for leve, pois, nesses casos, ela pode desaparecer sozinha. O principal cuidado  na urticária é descobrir e afastar a causa quando possível. Evitar calor, e estresse que são fatores que pioram a irritação”, explica a Dra Fabiane.

Ela complementa: “A dieta alimentar sem corantes, conservantes, embutidos (frios, salsicha etc.), enlatados, peixe e frutos do mar, chocolate, ovo, refrigerantes e sucos artificiais, costuma ajudar a melhorar mais rápido, evitando o reaparecimento das lesões durante o tratamento”.

No caso da minha filha, foi necessária a medicação. “Caso seja necessário, o médico prescreverá alguns medicamentos específicos para tratar urticária. Entre eles estão anti-histamínicos, corticosteroides e outras drogas.”

Não deixe de consultar um médico caso seu filho tenha lesões e coceira. A urticária não é perigosa, mas existem outras doenças mais graves que também causam lesões, somente um médico vai reconhecer, diagnosticar e prescrever a melhor solução.

Ah, minha filha melhorou em dois dias! 🙂

Agradecimento e fonte: Dra Fabiane Berruezo Barbosa, cardiologista pediátrica (instagram: @cardiopediatrasp)

Leia também:
– Evitar queimaduras nas crianças
– As crianças e a obesidade
– Tempo seco e as dificuldades respiratórias

coceira nas crianças como evitar dicas urticária criança com urticária como cuidar de urticária

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s