27 de julho, dia do pediatra

Parabéns aos profissionais que acompanham nossos filhos!

pediatra-festinha-legal

“A boa convivência entre médico, família e paciente se dá por meio da comunicação sincera entre os envolvidos”, diz Francisco Lembo Neto, pediatra do Hospital Samaritano de São Paulo. Para ele, o médico tem de ser claro e explicar tudo com detalhes. Os pais, por sua vez, não devem esconder nada e nem ter medo de fazer perguntas. O médico que dedicou a vida à pediatria conta por que valeu a pena: “Não há nada que se compare com a satisfação de acompanhar o crescimento de uma criança”. Os pais concordam!

Na hora de decidir o médico que irá cuidar do seu filho, algumas dicas para não errar na escolha:

– Procure com calma: A partir da 32° semana da gestação, você já pode agendar visitas e conversar com alguns médicos. Isso ajuda a criar uma relação de confiança com o especialista e também revela se a empatia acontece entre vocês. É preciso se sentir segura e o médico deve lhe passar confiança.

– Repare no tempo da consulta: Uma boa consulta leva tempo para ser realizada. O médico deve demonstrar interesse pela criança, não só nos aspectos clínicos, mas também nos comportamentais. Um bom pediatra situa a mãe sobre a fase do desenvolvimento pela qual passa o bebê e explica as futuras etapas do seu crescimento.

– Verifique a disponibilidade: Ter o médico disponível a qualquer horário e em qualquer local é com certeza um sonho dos pais, mas que nem sempre pode ser concretizado. Afinal, imprevistos acontecem e é preciso se preparar para eles. Por isso, seu pediatra deve ter um profissional de confiança que possa substituí-lo caso for necessário.

– Fique sem dúvidas: Não tenha medo de fazer perguntas. Você pode e deve questionar o médico até se sentir esclarecida sobre a situação do seu filho. Pediatras impacientes ou aqueles que se sentem ofendidos, caso você decida optar por uma segunda opinião, não são bons profissionais.

A insegurança não passa? Se após algumas consultas você permanecer com dúvidas ou se sentir insegura em relação à escolha do pediatra, não se preocupe. Mudar de médico é algo normal e um direito seu. Isso não afetará a saúde do seu filho. Procure o quanto for necessário, converse com outros profissionais e peça mais indicações para amigos e parentes.

Fonte: Revista Crescer

Anúncios

2 comentários sobre “27 de julho, dia do pediatra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s